Fique por dentro sobre a empresa que inaugurou uma fábrica para a produção de satélites em série

Um regime de atuação empresarial tem movimentado a economia de segmentos de diversos país. Trata-se da “Joint Venture”, que na verdade é uma espécie de parceria entre corporações a fim de algo maior possa ser iniciado. O uso desse tipo de interação corporativa ganha destaque, sobretudo, no campo aeroespacial. Um dos negócios que ilustram ações dessa natureza é a fábrica da companhia Oneweb, que será destinada à fabricação de satélites.

Vale destacar que os equipamentos que deverão ser produzidos pela empresa são os satélites do tipo LEO. Um dos diferenciais dessa atuação empresarial está em sua capacidade produtiva em relação a algo que costuma ser de extrema complexidade fabril. A outra parte da joint venture é composta por uma gigante da aviação, a Airbus. De acordo com o que foi anunciado pelas duas empresas, há a estimativa de que o ano de 2020 seja marcado por grandes lançamentos. O esperado é que a fábrica em questão seja responsável por 650 satélites que serão lançados ao espaço.

Além desse número considerado alto quando se trata desse tipo de equipamento espacial, a Oneweb também tem uma meta de produção de outras 1.980 unidades, cuja destinação ainda não foi anunciada. Conforme anúncio feito pelas companhias, quando da inauguração da fábrica em 22 de julho de 2019, nenhuma outra empresa adotou o modo de produção em série para satélites. O que ocorria, segundo a comunicação, era a confecção de tais equipamentos de forma individual, sempre que havia demanda para isso.

O local adotado para sediar a fábrica fica no estado norte-americano da Flórida. Com a chegada da companhia na região, um total de 250 profissionais foram contratados para colocar em funcionamento toda a corporação. Esse quadro de funcionários, contudo, é referente apenas aos cargos de atuação direta, já que haverá a necessidade de mão-de-obra para a execução de tarefas específicas.

Além de anunciar um grande índice de produtividade, a joint venture também atuará de forma a reduzir expressivamente os custos com a fabricação dos satélites. De acordo com o que foi revelado na ocasião da inauguração, o capital empregado para produzir estes equipamentos será menor por conta da estrutura fabril que será adotada.

 

Saiba mais:

 

Oneweb inaugura fábrica para produção em massa de satélites LEO