Guilherme Paulus transforma o setor de turismo do Brasil através da CVC Brasil

Além de receber o Prêmio Empreendedor do Ano, Guilherme Paulus, o fundador assistente da CVC Brasil, ajudou sua empresa a ganhar reconhecimento internacional como uma das principais operadoras de turismo do mundo. A CVC Brasil, também conhecida como Operadora e Agência, começou com a contribuição de Carlos Vicente, que financiou o negócio.

Naquele momento, Paulus tinha 24 anos. Inicialmente empregado na IBM, onde atuou como funcionário júnior, Paulus sempre demonstrou habilidades revolucionárias de liderança.

Ele impulsionou sua empresa para o sucesso e hoje é reconhecida como uma operadora de turismo líder na América Latina. O empenho de Guilherme, assim como a ambição de servir na indústria, são complementados por sua atitude de retribuir à comunidade.

O empresário iniciou seus negócios em São Paulo, onde também cresceu. Ele vendeu parte de seus negócios para o Carlyle Group em 2009. Em 2013, ele investiu suas ações na bolsa de valores. Atualmente, a receita anual da CVC é de aproximadamente US $ 5,2 bilhões. A empresa continua registrando crescimento consistente.

Paulus tem liderado o desenvolvimento e inclusão de novas filiais no país todos os anos. Hoje, a CVC tem cerca de 100 unidades em várias lojas. Desde a sua fundação, a CVC cresceu através da liderança visionária de Paulus.

Ele desenvolveu a empresa em uma marca internacional que atraiu visitantes domésticos e estrangeiros. Para este fim, ele ganhou o prêmio de Personalidade do Ano.

A Paulus contribuiu para o crescimento da CVC, impulsionando-a para se tornar uma grande marca não apenas no Brasil, mas em outras partes do mundo. Hoje, a empresa se orgulha de ter uma base de empregados de cerca de 5.000 trabalhadores e US $ 5 bilhões em receitas anuais.

A CVC também embarcou na jornada para crescer organicamente através de sua subsidiária GJP Hotels and Resorts, que atualmente tem mais de 100 novos pontos de venda.

Guilherme Paulus valoriza a responsabilidade social corporativa especialmente porque se aplica ao seu papel na sociedade como líder de equipe. O CVC participou de várias causas instrumentais, como o projeto PIET, que se concentra no fornecimento de oportunidades educacionais. A CVC também apoiou o Dr. Klaide Care para promover saúde de qualidade.

Como Guilherme Paulus construiu dois negócios prósperos em São Paulo

Guilherme Paulus, de São Paulo, passou cinco décadas no ramo do turismo e três décadas como hoteleiro. A primeira empresa que ele iniciou é a CVC, que agora gera receita anual de US $ 5,2 bilhões.

Ele também possui e é o presidente do conselho da GJP Hotels & Resorts, onde emprega mais de 5.000 pessoas. Ele vendeu parte de sua participação na CVC Tours para o Carlyle Group em 2009, mas ainda mantém uma participação de 8%.

Na CVC, Guilherme Paulus cresceu em sua empresa, estabelecendo relações com outras empresas ao redor do mundo. Ele fez parcerias com companhias aéreas, hotéis e outras empresas relacionadas ao turismo.

Ele foi reconhecido por vários governos estrangeiros, incluindo a França. O governo do Brasil também o reconheceu com inúmeros prêmios e a revista Modern Consumer lhe deu o prestigioso prêmio “Revolutionary Consumer Relations”.

Seu negócio de hospitalidade é dividido em três marcas distintas. A marca Wish consiste em hotéis e resorts cinco estrelas, a marca Prodigy é quatro estrelas e a marca Linx é composta por hotéis de três estrelas. Esses hotéis e resorts estão localizados nos lugares mais badalados do Brasil, como Rio de Janeiro, Salvador, Foz do Iguaçu e São Paulo.