Conheça um pouco da história de Carlos Alberto de Oliveira Andrade – o homem forte do setor de automóveis no país

Em 1979 o cirurgião Carlos Alberto de Oliveira Andrade dava uma grande guinada em sua vida, dando o primeiro passo para ser um dos principais nomes do comércio de veículos no país e destaque no mundo. O único acionista da CAOA (iniciais do seu nome) é tem hábitos simples, sorriso largo e está sempre bastante ocupado.

Em meio a reuniões, papéis e relatórios, o empresário quase não tem tempo para almoçar. Quando muito come metade de uma sanduíche ou refeição rápida durante algum tempo livre, cada vez mais raro.

Como tudo começou

Após não ter o Ford Landau entregue pela concessionária que faliu, Andrade viu com bons olhos a possibilidade de adquirir a empresa e dar início a venda de carros em sua cidade, Campina Grande na Paraíba. Foi então que ele decidiu comprar a empresa, na época por 4 milhões de Cruzeiros, já descontado o valor referente ao veículo não entregue.

Pouco tempo depois a fama de Carlos Alberto de Oliveira Andrade espalhou pela região. Era o doutor que fazia qualquer negócio para não perder a venda, inclusive sem obter lucro. Chegou a receber carros usados, terrenos, cabeças de gado e até milheiros de tijolos. A concessionária que vendia 8 veículos por mês, já estava comercializando 30 após a gestão do Andrade. No fim daquele ano foram mais de 100 unidades vendidas.

Esse sucesso chamou a atenção da Ford, que ofereceu ao “médico vendedor de veículos” sua principal concessionária em Recife. Anos depois a CAOA se consolidaria como a principal revendedora da marca no país e isso levando em conta a quantidade de lojas e o número de veículos vendidos.

E foi com muita dedicação e empenho que Carlos Alberto de Oliveira Andrade desenvolveu a fábrica em Anápolis. Lá são produzidos automóveis da Hyundai e Tucson com a mesma qualidade (ou superior) ao veículos entregues pelas unidades da Coreia do Sul. São mais de 25 mil empregos diretos e indiretos e uma preocupação especial com o meio ambiente daquela região.

O reconhecimento

Sob o comando de Carlos Alberto de Oliveira Andrade, a CAOA foi responsável pela comercialização de mais de 1 milhão de automóveis em todo o Brasil desde 1979. Atualmente conta com 160 concessionárias, além de 130 oficinas e a uma marca destinada a consórcios. Entre os modelos vendidos estão os importados HB20 e Creta, além dos fabricados pela CAOA montadora na unidade fábril de Anápolis (GO), os SUVs Tucson, New Tucson, ix35, e os utilitários HR e HD80.

Tamanha dedicação de Andrade lhe renderam alguns prêmios. Só este ano a empresa conquistou o primeiro lugar na pesquisa de satisfação da JD Power. Trata-se de uma das mais importantes consultorias do setor automotivo mundial. Ela avalia os serviços de montadoras e revendedoras de todo o mundo por meio da opinião dos consumidores.

Carlos Alberto de Oliveira Andrade também recebeu duas outras premiações da revista Consumidor Moderno: “Empresa do Ano” por votação popular e “Satisfação em Atendimento ao Cliente” na categoria de automóveis de luxo. A respeito dos prêmios, o empresário afirma que mesmo a CAOA sendo uma companhia 100% nacional, ainda está a frente de muitas multinacionais que operam no país.